Facebook | Contactos |
Newsletter
Newsletter

Não paga mais, não recebe menos.

Não paga mais, não recebe menos.

A Lei da Liberdade Religiosa confere aos contribuintes a possibilidade de consignarem 0,5 por cento do valor liquidado em sede de IRS a uma Pessoa Coletiva de Utilidade Pública ou a uma Instituição Particular de Solidariedade Social, como é o caso da Fundação S. João de Deus.

Ao longo dos anos têm sido várias as pessoas a ajudar desta forma. Sem custos para quem tão simplesmente assinala com um “X” do quadro 11 da folha de rosto do formulário do IRS e escreve o número de contribuinte da Fundação S. João de Deus.

A totalidade do valor angariado tem sido canalizada para a sustentabilidade da Fundação, contribuindo assim para que se mantenham projetos como o Somos por Si, o Ferro de Soldar, a Academia da Memória, o Mentalizar, o Escutatório, o MindUp. Mais importante ainda, permite que todo o dinheiro entregue por amigos e benfeitores seja levado a quem mais precisa. Desde aqueles a quem chega a mão hospitaleira dos Irmãos de S. João de Deus em Timor-Leste, no Brasil, em Moçambique. Mas também todos aqueles que em Portugal são tratados nas casas de saúde.

yoast seo premium free