Facebook | Contactos |
Newsletter
Newsletter

Jornadas de Saúde Mental e Psiquiatria

Jornadas de Saúde Mental e Psiquiatria

A Dignidade em Saúde Mental é a premissa das comemorações do Dia Mundial da Saúde Mental em 2015. Pensar o futuro da Saúde Mental a partir do que é hoje a sua realidade, foi o mote das 7as Jornadas de Saúde Mental e Psiquiatria da Casa de Saúde S. João de Deus, no Funchal.

O encontro decorreu numa época em que muito se discute o modelo dos serviços de Saúde Mental. O psiquiatra Jesús Cartelle, em conferência, questionou os modelos preconizados para a integração dos serviços que têm funcionado de forma desintegrada da sociedade, nas “esquinas da cidade”, deixando como exemplo a seguir um modelo que passe pela “normalização” destes serviços, isto é, pelo aumento das respostas incluídas nestes serviços, para além das áreas de exclusão. Por outro lado, o psiquiatra José Maria Ayerra, reforçou que “antes de pensar em desinstitucionalizar, vamos pensar em não institucionalizar”.

Na sessão de abertura, perante as mais de duas centenas de participantes, Rubina Leal, Secretária Regional da Inclusão e Assuntos Sociais, falou dos serviços deste Estabelecimento do Instituto S. João de Deus como “uma parceria indispensável” ao tratamento da doença mental e da exclusão social na Região Autónoma da Madeira.

Nas palavras iniciais, Manuel Freitas, presidente da Comissão Organizadora e Diretor de Enfermagem da Casa de Saúde, focou a relevância do tema atribuído às comemorações deste ano, na medida em que reforça a “dignidade universal que reflete a forma como nós sociedade tratamos as pessoas portadoras de doença mental, onde muito há a fazer no combate ao estigma e exclusão social”.

yoast seo premium free